A revolução do 25 de Abril de 1974 trouxe a Portugal Liberdade, pondo fim a um longo período de Ditadura fascista de 49 anos. Após 1976 houve retrocessos graves no processo desta revolução, patrocinada por partidos reaccionários de direita tendo como aliados algumas famílias Fascistas. Portugal foi caminhando o trilho de uma sociedade capitalista, geradora de profundas injustiças sociais.



Neste blog iremos denunciar os sistemáticos atentados que todos os dias ocorrem às Liberdades, Direitos e Garantias que herdámos de homens e mulheres que lutaram para que fosse possível o maior acontecimento histórico do século xx em Portugal.



terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

O Presidente da Câmara de Paredes Celso Ferreira iniciou uma denominada ”Presidência aberta” em Recarei

O Presidente da Câmara de Paredes Celso Ferreira iniciou uma denominada ”Presidência aberta” em Recarei. Durante uma semana instala-se com armas e bagagens na sede da Junta de Freguesia e aí despacha para todo o concelho. A corte municipal visita o rei em terras recaredenses. Numa semana, ele visita, reúne, acompanha, sensibiliza tudo o que mexe em Recarei. E culmina a semana com a presença institucional na festa da freguesia.


É uma semana em cheio, tudo acompanhado com uma benemérita distribuição de cheques a organizações, associações, paróquia e outras forças vivas. Rejubilam autarcas, e candidatos a autarcas do partido do poder. Enfim, do PSD não só desemprego, impostos e miséria.
Uma semana parece muito tempo mas não é. Celso tem de visitar as inúmeras realizações da cidade inteligente, a sede da PlanIt Valley, as instalações fabris das empresas, a biblioteca, o metropolitano, a universidade, o complexo habitacional, o sistema integrado de tratamento de resíduos e de fornecimento de energia. Celso tem de visitar o campo sintético do Nun´Alvares. Celso não pode parar.


Quando o rei se aproxima assim dos súbditos, só resta ao povinho a genuflexão. Isto crêem os amigos do homem do avental. Mas só faz Presidência Aberta quem tem a Presidência fechada.
CR

Informação sobre aumento de casos de tuberculose no Vale do Sousa

Serão 18 os novos casos e recidivas de tuberculose diagnosticados no mês de Janeiro de 2013 na área de influência de Paredes, Penafiel e Castelo de Paiva. São 18, são mesmo 18. Janeiro de 2013. A quem possa interessar deixo esta informação.

No ano de 2012 foram 72 os casos de tuberculose (novos e recidivas) na mesma área geográfica: 44 em Penafiel, 23 em Paredes e 5 em Castelo de Paiva. EM TODO O ANO DE 2012.

Ver em: http://cris-sheandbobbymcgee.blogspot.pt/2013/02/18.html

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Crianças chegam ao hospital doentes por terem fome


Há crianças que chegam doentes ao Hospital de Santa Maria, em Lisboa, por terem fome. Os seus pais estão desempregados e não têm dinheiro para comida, nem para medicamentos.

As assistentes sociais da unidade hospitalar estão responder a pedidos de ajuda de pais desempregados que têm os seus filhos internados. A revelação é feita numa entrevista à Antena1 pela diretora do Serviço Social do Hospital de Santa Maria, Conceição Patrício.

(com Sandra Henriques)

Siga o jornalista Jorge Correia no twitter @jorgecorreia

Terça-feira de Carnaval, 12 de Fevereiro de 2013, continua a ser feriado


Terça-feira de Carnaval, 12 de Fevereiro de 2013, continua a ser feriado.

Na generalidade dos sectores e empresas privadas, as Convenções Colectivas de Trabalho, que regulam as relações de trabalho, consagram a terça-feira de Carnaval como feriado, de acordo com o disposto no artigo 235.º, nº.1, do Código do Trabalho.

Por outro lado, os hábitos e costumes das empresas e serviços de considerar a terça-feira de Carnaval como feriado, dispensando os trabalhadores de se apresentar ao trabalho, também constituem um direito adquirido.

A decisão do Governo PSD/CDS-PP de retirar aos trabalhadores da Administração Publica o feriado de terça-feira de Carnaval, previsto no artigo 169º. do regime de Contrato em Funções Públicas, não tem influência nas disposições legais, contratuais e práticas do sector privado.

Lutar pelo direito ao gozo da terça-feira de Carnaval
em todos os sectores da Administração Pública

Não há nenhuma racionalidade económica que justifique a discriminação de trabalhadores da Administração Pública, repetida este ano pelo Governo PSD/CDS.
Tanto mais que a discriminação do Governo incide essencialmente sobre os trabalhadores da Administração Central, uma vez que os Governos Regionais e as Autarquias exercem as suas competências para assegurar a manutenção deste direito aos respectivos trabalhadores.
Razão mais que legítima para que todos os trabalhadores da Administração Pública lutem contra mais esta discriminação e continuem a reclamar o direito ao gozo da terça-feira de Carnaval.
Informa-te junto do seu sindicato da CGTP-IN, para melhor conheceres os teus direitos.
Exerce e defende os teus direitos!
 
Lisboa, 5 de Fevereiro de 2013